Últimas Notícias

Nota da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios para o Dia Mundial de oração pela santificação dos sacerdotes

DIA MUNDIA DE ORAÇÃO PELA SANTIFICAÇÃO DOS SACERDOTES
24 de junho

O Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes terá lugar no próximo dia 24 de junho, data da solenidade litúrgica do Sagrado Coração de Jesus. Em nome da CEVM, convido os cristãos a rezarem de forma mais intensa por esta causa tão importante para a Igreja do nosso tempo. Como aconteceu em momentos decisivos da história, também hoje uma desejável renovação eclesial implicará uma renovação espiritual dos crentes, começando pelos sacerdotes.

O chamamento de Deus, «sede santos porque eu sou santo» (Lev 11, 45; cf. 1Ped 1, 16), é dirigido a todos os batizados e, por maioria de razão, aos sacerdotes. No cumprimento do seu ministério, eles são chamados a configurar a sua vida com Cristo, Bom Pastor. Nesse processo, cada sacerdote precisa de ter um coração de pastor e de cultivar a paixão pelo rebanho de Deus, estando atento à vida das ovelhas a si confiadas e disponível para ir à procura da que anda perdida. Mas o desafio da santificação não deve ignorar que o sacerdote não é um super-homem, é uma pessoa humana com as suas fragilidades e grandezas. E a grandeza maior é o ter sido chamado por Deus e enviado pela Igreja para uma missão pastoral e para isso ter recebido uma graça especial.

Para um melhor cumprimento da sua missão, os sacerdotes precisam de sentir a estima e o apoio do povo de Deus. A oração, na sua variedade de formas e expressões, é um grande meio para os ajudar espiritualmente. Uma oração em que se dá graças pela dedicação e fidelidade de tantos sacerdotes. Uma oração em que se invoca o perdão pelas faltas e infidelidades de alguns cujas ações não foram sinal do bom pastor, mas antes do mercenário que abandona as ovelhas ou do lobo que as arrebata e dispersa (cf. Jo 10, 12). Uma oração em se pede por aqueles que passam por maiores dificuldades, os doentes ou idosos, os que se sentem mais sós, desanimados ou que passam por alguma provação. Uma oração que faz memória dos sacerdotes já falecidos, que marcaram as nossas vidas ou se deram ao serviço das comunidades cristãs.

Nesta jornada, sintamos como a força da oração pode ser geradora de vida nova em cada um que reza, naqueles por quem rezamos, bem como no conjunto da Igreja. Pela intercessão de Maria, Mãe de Deus e Mãe da Igreja, peçamos a Deus que encha de bênçãos todos os sacerdotes, os renove e santifique para poderem santificar o povo de Deus.

+António Augusto de Oliveira Azevedo
Presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios