Nota Informativa – Agosto 2022

Face a notícias veiculadas por alguma imprensa relativas a um caso de suspeita de abusos envolvendo um padre da Diocese de Vila Real, em nome da verdade, do rigor e da transparência esclarece-se o seguinte:

  1. Após ter recebido a comunicação da Comissão de Proteção de Menores da Diocese de Lisboa, a Diocese de Vila Real afastou de imediato o sacerdote das suas funções pastorais, conforme foi tornado público no comunicado de 25 de janeiro de 2022.
  2. De imediato foi iniciada uma investigação canónica, concluída com o pedido de dispensa do ministério sacerdotal, feito pelo próprio. A dispensa já foi concedida pela Santa Sé.
  3.  O caso foi comunicado, na altura, à Procuradoria Geral da República, e depois, por indicação desta, ao Ministério Público de Sintra.

Vila Real, 4 de agosto de 2022

+António Augusto de Oliveira Azevedo
Bispo de Vila Real