Últimas Notícias

Serões em família (SDPF)

O Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar da Diocese de Vila Real promoveu no sábado, dia 10 de outubro, um serão online subordinado ao tema “Mundo virtual em rede: Deus, Homem, Comunidade”.

A conversa, moderada pela jornalista da Rádio Renascença, Olímpia Mairos, teve como intervenientes Paulo Lisboa e Odete Alves.

Os dois catequistas partilharam a sua visão sobre as novas tecnologias e convergiram quanto às suas potencialidades, alertando, no entanto, para os perigos que estas podem constituir.

“Nem tudo o que vem à REDE é peixe”, sublinhou Odete Alves, defendendo, por isso, o uso moderado e consciente para “não cairmos nas armadilhas da REDE”. 

Em tempo de distanciamento físico, devido à pandemia, as redes podem e devem ser utilizadas como ferramentas, “uma espécie de ponte, mas sempre com a finalidade de provocar o encontro na plataforma real”, partilhou Paulo Lisboa.

“O ser humano é um ser em relação, precisa do outro, de Deus e da comunidade, para ser feliz e, muitas vezes, as redes conduzem ao comodismo, ao isolamento e ao individualismo. Precisamos de estar atentos e em alerta para sabermos tirar partido das potencialidades e não ficarmos reféns das armadilhas”, referiu Paulo Lisboa.

Ao longo da conversa também foi sublinhado que o digital, hoje, é uma “comunicação em si mesma”, com conteúdo próprio e que é “necessário criar uma forma de estar, não pode ser só passar do presencial para o digital com as mesmas formas e os mesmos conteúdos”.

Sendo verdade que também se pode encontrar Deus na REDE e fazer experiência de Deus, “a pastoral digital pode e deve ajudar ao anúncio cristão, mas não substitui a pastoral do encontro, feita de olhares, testemunhos, experiências, proximidade”, referiu Odete Alves.

A iniciativa “Serões em família” contempla um ciclo de conferências e pretende ir ao encontro das famílias, ajudando-as a encontrar caminhos, soluções e alternativas face aos desafios colocados por esta nova realidade.