Últimas Notícias

Conselho de Presbíteros – Outubro 2020

Decorreu no passado dia 8 de outubro de 2020, a 90ª Assembleia do Conselho de Presbíteros, da Diocese de Vila Real, por via digital. E teve como ponto de agenda a reflexão acerca da instrução, da Congregação do Clero, sobre a renovação das paróquias, com o título: “A conversão pastoral da comunidade paroquial a serviço da missão evangelizadora da Igreja”.

Na introdução que antecedeu a partilha o Senhor D. António Augusto, destacou que esta instrução é relevante ser conhecida e debatida, sendo um documento pertinente para fomentarmos uma verdadeira conversão pastoral e missionária com um estilo novo e indo ao encontro da realidade das nossas comunidades paroquiais. Referiu a longa e bela história desta estrutura, que é indispensável, mas que carece de ser renovada. Afirmou também que, como critério para esta renovação, não basta a repetição de fórmulas do passado, numa lógica de sobrevivência, pois é necessária uma lógica nova e missionária. E destacou ainda que esta renovação só se torna verdadeiramente efectiva se, em primeiro lugar, começar em cada agente de pastoral de forma gradual, com mudanças concretas, que superam o meramente administrativo e de escritório, para cada pessoa e comunidade.

Dando a palavra aos conselheiros, estes afirmaram a necessidade de que esta instrução provoque algumas mudanças nas nossas comunidades, muitas vezes amorfas, envelhecidas e fechadas. Foi unânime que a conversão pastoral e missionária obriga a sermos uma Igreja em saída e acolhedora. Também foi destacado a necessidade de construirmos uma Igreja (paróquias) mais santa, a começar pelos sacerdotes e comunidades, sendo cada vez mais dóceis e atentas a voz do Espírito Santo. Da parte dos conselheiros, também foi destacada a necessidade de haver um vigor e responsabilidade laical mais forte, onde a formação, missão e responsabilização devem fazer deles também protagonistas desta renovação. Foi ainda destacada a necessidade de uma pastoral de conjunto e da necessária colaboração entre paróquias do mesmo pároco, valorizando também as estruturas intermédias, como os arciprestados e secretariados, para que esta conversão pastoral seja mais integrada.

Na parte final da assembleia, foi também discutida pelos conselheiros a necessidade de, na Comemoração dos Fiéis Defuntos, procedermos com cautela e responsabilidade, dando pleno cumprimento às normas da CEP e da DGS.

Secretariado do Conselho de Presbíteros