Últimas Notícias

Jovens solidários com a população ucraniana

Ucrânia. Um país que, neste momento, não deixa ninguém indiferente. Uma situação que a todos nos preocupa e inquieta. Uma guerra que nos assombra a memória e nos faz pensar na destruição da qual é melhor nem falar.

A grande questão: o que fazer para ajudar os nossos irmãos ucranianos? Em primeiro lugar devemos rezar, como nos pede o Papa Francisco, até porque essa é a nossa grande arma. Assim, seremos construtores da paz e contribuiremos para um mundo em que reina a igualdade, a liberdade, o amor ao próximo e o respeito pelo dom da vida que nos é dada.

Por outro lado, falamos de um país que atravessa dificuldades a todos os níveis, como podemos imaginar através das imagens que nos vão chegando através da comunicação social. Sensibilizado com a situação, o COD (comité organizador diocesano) das Jornadas Mundiais da Juventude Lisboa 2023, decidiu doar metade dos lucros amealhados com a venda de produtos oficiais das JMJ, portanto, cerca de 400 euros. Outros COD´s também o fizeram e as doações já foram entregues à Caritas Portuguesa para a campanha de ajuda à Ucrânia.

Sabemos que toda a ajuda é pouca. Todavia, esperamos que este contributo possa auxiliar os nossos irmãos ucranianos no que eles mais precisarem.

Miguel Santos