Conselho Pastoral encara desafios digitais

Decorreu na manhã deste sábado, dia 27 de junho, a sessão ordinária do Conselho Pastoral da diocese de Vila Real, em modo digital, sem presença física, e centrada nestes dois temas: análise da pastoral diocesana nos meses da pandemia e preparação do plano pastoral do próximo ano 2020-21.

A diocese atravessou estes últimos meses tornando-se presente e próxima junto das comunidades através de meios telemáticos, mas também de telefone e outras iniciativas locais, esforço dos padres e de muitos agentes pastorais que o senhor bispo, D. António de Oliveira Azevedo, elogiou.

Os conselheiros reconhecem que saíram reforçados os laços e os momentos de oração familiar bem como a presença qualitativa do anúncio do Evangelho nos meios digitais, o trabalho em rede dos vários secretariados e a inclusão de muitos que estão longe das comunidades, como os emigrantes.

Numa região marcadamente rural e com uma população maioritariamente envelhecida, onde muitas pessoas não têm acesso aos meios digitais, torna-se agora necessário encontrar o justo equilíbrio entre a proximidade emocional que estes instrumentos e iniciativas permitem e o encontro pessoal que os próprios sacramentos exigem. Este será um grande desafio para o momento de progressivo desconfinamento que estamos a viver e, para o futuro próximo, a exigência de aprendizagem e formação na área digital para bem usar estes instrumentos e integra-los com equilíbrio na pastoral.

Em relação ao plano pastoral do próximo ano, já integrado nas celebrações do centenário da diocese, que terá como lema “crescer com raízes”, depois da apresentação do coordenador da pastoral, Pe Manuel Queirós, os conselheiros deixaram sugestões e partilharam algumas iniciativas que estão a ser programadas nos vários sectores da pastoral, fazendo-se notar a necessidade de uma boa pastoral de conjunto bem como de partilha e divulgação dos materiais propostos a nível diocesano. Para este ano pastoral 2020-21, aposta-se no tema “aprofundar as raízes”.

O senhor bispo encerrou a sessão do conselho agradecendo a presença e partilha de todos e rezando pelos doentes e falecidos, especialmente as vítimas da covid-19.

Secretariado do Conselho Pastoral