Instituição de três acólitos

Neste dia 4, primeiro domingo de outubro, mês das Missões, às 18:30h, na Sé Catedral, a Diocese de Vila Real celebra a instituição de três acólitos. São eles:

Daniel Pinto Coelho, de Póvoa de Agrações, Arciprestado do Alto Tâmega;

João Paulo Cunho Silvino, de Boticas, Arciprestado do Alto Tâmega;

Miguel Ângelo Águeda dos Santos, de Alijó, Arciprestado do Douro II.

Estas instituições estavam marcadas para maio passado mas não puderam realizar-se nessa altura. Far-se-ão agora apesar de alguns condicionalismos referentes a celebrações que estão em vigor na actual situação pandémica. Serão seguidas as orientações da CEP e estará presente apenas um pequeno número clero, de fiéis, familiares e amigos.

O acólito é instituído para servir ao altar e à Eucaristia, como Ministro da Comunhão. Estes jovens seminaristas são agora instituídos neste ministério laical em ordem à recepção futura do sacramento da Ordem.

Rezamos por eles e por todos os seminaristas e pedimos ao Senhor da messe que continue a suscitar muitas e santas vocações sacerdotais na nossa Igreja diocesana.