Últimas Notícias
Dia do Catequista em Vila Pouca de Aguiar

Catequistas em Missão

Cerca de trezentos catequistas, oriundos de toda a Diocese de Vila Real, participaram, no passado sábado, 5 de Outubro, em Vila Pouca de Aguiar, no Dia Diocesano do Catequista com o tema «Catequese e Missão», organizado pelo Secretariado Diocesano da Catequese, com a colaboração dos catequistas anfitriões.

O início dos trabalhos foi marcado, no contexto da oração da manhã, pelas palavras de confiança que o Sr. Bispo deixou a todos os que abraçam esta missão essencial da Igreja, da transmissão da fé no meio dos grandes desafios dos tempos de hoje, quer na vida do catequista, dos catequizandos ou das suas famílias. «A Igreja confia-vos uma missão importante, também bonita, exigente e difícil», referiu D. António Augusto que, ao mesmo tempo, afirmou a importância do testemunho da «alegria fundada na descoberta do Rosto de Jesus».

Esteve presente o novo Coordenador do Secretariado Nacional da Educação Cristã, que saudou os participantes com simpáticas palavras.

Para este dia de encontro/formação, contou-se com a colaboração de elementos dos Secretariados Diocesanos de Vila Real, desde a pastoral da família, juvenil, passando pela infância missionária. Também da Arquidiocese de Braga ouvimos o testemunho de alguém que vivenciou a realidade do que é ser missionário, deixando-nos a vontade e a necessidade de sair e ir ao encontro dos outros, principalmente dos mais necessitados.

Durante a manhã, os participantes dividiram-se em workshops para refletir mais de perto os vários contextos da missão. Para além destes, destacou-se também a apresentação do projeto catequético Say Yes que prepara os jovens para a próxima Jornada Mundial da Juventude de 2022, em Lisboa.

Com a apresentação, em plenário, das conclusões, pelo porta-voz de cada grupo, ficou reforçada a necessidade de cada cristão e, neste caso, de cada catequista, levar a mensagem de Deus àqueles que os rodeiam ou àqueles que lhes são confiados para que os ajudem a chegar até Ele, fazendo caminho com eles, como verdadeiros discípulos missionários, deixando muitas vezes a nossa zona de conforto.

O encontro terminou, à tarde, com a celebração do envio e compromisso dos catequistas. «Todos, tudo e sempre em Missão».