A igreja de São Domingos, sede de um convento dessa ordem fundado por monges vimaranenses em tempo de D. João I (1421) e erigido a partir de 1424, constitui o melhor exemplo transmontano da arquitectura gótica. O plano aqui adoptado, despojado e funcional, composto por três naves de três tramos, transepto saliente e cabeceira de capela-mor única, testemunha a cronologia quatrocentista da obra, circunstância reforçada ainda por outros elementos decorativos, como as pilastras chanfradas, os capitéis de folhagem de tipo batalhino, ou a fachada com robustos contrafortes cingindo o portal, este de três arcos apontados, inscrito em gablete e sobrepujado por rosácea. side effects of ventolin tablets in pregnancy

  viagra indian substitute

Situado extra-muros, no antigo campo do Tavolado, com adro ornado com um cruzeiro de alto fuste (datado do século XVI), trata-se de um tipo de arquitectura gótica de porte robusto, em variação regional, a que António Nogueira Gonçalves chamou o tardo-gótico vila-realense. À semelhança do que se passou em outras regiões do Norte do País, onde o Gótico teve grandes dificuldades para se impôr como linguagem artística dominante, também a Igreja de São Domingos possui características ainda vincadamente românicas, não obstante a cronologia avançada da obra. A extrema robustez dos seus muros ou a escassa iluminação do interior são elementos conotados com o Românico que se prolongaram ao longo de toda a Baixa Idade Média no Norte do reino, formando um grupo artístico bem diferente do que então se alcançou no Centro e no Sul do território nacional.

 

Muito tempo passou antes que o templo dominicano albergasse a sede da Diocese, só muito recentemente criada (1992). No século XVI, no reinado de D. Manuel, procedeu-se a uma primeira remodelação do convento, como o prova uma porta encimada pela esfera armilar. Bastante mais vastas foram as obras do século XVIII, altura em que se substituíu a primitiva cabeceira gótica, em benefício de uma mais ampla, mais profunda, e mais moderna estrutura, profusamente iluminada (através de janelões nas paredes laterais). Deste mesmo período barroco é a torre sineira (1742). apollo pharmacy online coupon code

  viagra pillen kaufen

A extinção das Ordens Religiosas, em 1834, significou a decadência do convento. Alvo de um violento incêndio em 1837, que destruíu grande parte do recheio, só viria a ser restaurado nas décadas de 30 a 50 do século XX, altura em que foi colocado o actual retábulo-mor, obra maneirista do Convento de Odivelas.

  kamagra 100mg oral jelly nasil kullanilir

Mais recentemente, o IPPAR promoveu um projecto inovador, convidando o pintor João Vieira a efectuar um conjunto de vitrais para o edifício. O resultado foi uma composição inspirada no prólogo do «Evangelho Segundo São João», actualmente integrada na estrutura medieval do edifício. is viagra available over the counter in ireland

zithromax dosage side effects
viagra blindness permanent
online pharmacy lloyds
efeitos colateral viagra
cost of accutane privately uk
kamagra ajanta pharma 100mg